terça-feira, 1 de março de 2011

Coruja morre na Colômbia após ser chutada em campo; veja vídeo

Um absurdo dentro de campo, alem da bolada que levou a coruja, um idiota do jogador, chutou e matou o animal.


A coruja mascote da equipe colombiana do Junior Barranquilla morreu nesta terça-feira, devido a uma parada respiratória, após ter sido chutada em campo por um jogador do Deportivo Pereira, no domingo.
A morte foi anunciada à imprensa colombiana pelo veterinário Camilo Tapia, que cuidava da ave.

Considerada símbolo de sorte da equipe de Barranquilla, a coruja estava no gramado durante a vitória dos donos da casa sobre o Pereira por 2 a 1 quando foi atingida acidentalmente pela bola.
O árbitro paralisou a partida em razão da bolada e, em seguida, o zagueiro panamenho Luis Moreno, 29, chutou a coruja para fora do campo. O lance foi filmado pela TV que transmitia o jogo.
"Assassino, assassino", gritavam os torcedores no estádio. Após o episódio, Moreno precisou pedir desculpas públicas. "Apresento minhas desculpas. Não foi minha intenção maltratar a coruja. Fiz [o pontapé] para ver se ela voava", explicou o panamenho.
A ave vivia no estádio foi levada a uma clínica veterinária com a asa direita quebrada e, segundo relatos, em "estado de choque".
O jogador foi notificado pela polícia e pelo Departamento Administrativo do Meio Ambiente de Barranquilla. O presidente do Deportivo Pereira, Francisco Javier López, também disse que o zagueiro sofreria punição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário