quinta-feira, 17 de março de 2011

Como funcionam os jacarés e aligatores

Introdução


Jacarés, crocodilos e aligatores (todos eles répteis crocodilianos) são animais surpreendentes. Eles estão no planeta há milhões de anos e são os seres mais próximos de um dinossauro vivo que nós podemos conhecer. A razão de sobreviverem por tanto tempo é que eles são animais quase perfeitos em seu ambiente, já que:

  • podem sobreviver dois ou três anos sem comer;
  • são um dos poucos répteis que cuidam de seus filhotes;
  • possuem sensores de vibração em sua pele que são extremamente sensíveis - eles conseguem detectar até a mais leve vibração e sair da zona de perigo bem antes que o perigo chegue.

Por outro lado, os jacarés podem ser bem perigosos. Eles são máquinas vivas, completamente guiadas pelo instinto. O cérebro de um réptil pesa apenas 8 ou 9 gramas e ocuparia apenas metade de uma colher de sopa. Essa falta de potência cerebral significa que não existe essa coisa de "jacaré legal". Se estiver com fome, o jacaré comerá qualquer coisa que se mova. Os animais de estimação e as crianças que ficam perambulando perto de uma lagoa com jacarés são vítimas freqüentes desse comportamento instintivo.
Neste artigo, você terá a chance de ficar mais perto desses dinossauros vivos e entender como eles conseguiram sobreviver por milhões de anos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário