sexta-feira, 11 de março de 2011

Alertas de tsunami se espalham por outros 20 países do oceano Pacífico

Também há previsão de ondas cheguem na América do Sul por volta das 23h. Especialistas afirmam que são ondas menores do que as do Japão.

Alerta de tsunami se espalha por outros 20 países do oceano pacifico, inclusive os Estados Unidos. Há uma lista grande de países que estão com alerta como Russia, Japão, Filipinas, Indonésia, Austrália, Nova Guiné, Fiji, Nova Zelândia, Havai, México, Guatemala, El Salvador, Equador, Peru, Chile, Honduras, Nicarágua, Costa Rica e Colômbia.
Foi possível perceber que a onda não atingiu somente a região do Japão, ela continua se deslocando pelo Pacífico e vem em direção ao continente americano. Na manhã desta sexta-feira (11), as sirenes de alerta de tsunami no Havaí tocaram e as pessoas são retiradas das partes mais baixas da ilha. Segundo os especialistas dos Estados Unidos, a previsão é que as onde cheguem por volta do 12h na costa da Califórnia. No Havai, a previsão é que as ondas cheguem por volta das 9h.
Também há previsão de que alguma onda chegue na América do Sul por volta das 23h. Especialistas afirmam que isso não quer dizer que ondas de 10 metros cheguem ao Havaí, a costa dos EUA ou a América do Sul. O mais provável é que o tamanho dessas ondas não ultrapasse dois metros. Então o alerta é considerado fraco nestes locais, mas toda a costa do continente americano esta sendo avisada para que os países possam se preparar para alguma eventualidade. O alerta vale para desde o Alasca do norte até o fim da America do Sul e o continente da Antártida.
A ONU já preparou 30 equipes de resgates internacionais para auxiliar nos trabalhos no Japão. Os portos do Japão estão todos fechados e as tropas do exército já são deslocadas para as cidades que foram atingidas pelo terremoto.
Os tremores continuam acontecendo de 10 em 10 minutos com diferentes intensidades. São vários terremotos que estão sendo sentidos desde o início do grande tremor no Japão. Os centros de pesquisa nos Estados Unidos preveem que os próximos tremores podem provocar vários estragos.
O alerta de tsunami vale para todo o continente americano, que vai desde o continente do Alasca, até o sul do Chile, e também a Antártida. O risco de chegarem ondas com dez, seis metros é, segundo os especialistas, bem pequeno, mas o cuidado é grande em todas as ilhas do Pacífico.
Os técnicos que trabalham nas medições dos terremotos dizem que há dezenas de ilhas que tem a altitude muito inferior as ondas que podem passar por cima delas. O problema pode ser muito grave no caminho das ondas que vêm do Japão até o continente americano. Pessoas em uma ilha do território americano estão sendo orientadas a se deslocar 30 metros para dentro da ilha e subir 15 metros acima do mar para completa segurança. Não há como se ter certeza do tamanho exato dessas ondas pois muitos fatores podem influir no deslocamento da onda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário